Pesquisar

Home
Áreas de Atuação
Dicas
Links
Notícias
Quem Somos
Legislação
Condominio
Trabalhe Conosco
Livros
Localização
Fale Conosco

Informe seu CPF:
Senha:
Solicite sua senha!
Pare de desperdiçar energia e saiba como economizar

O consumo de energia elétrica no Brasil bateu recorde pela quarta vez nesta semana. O último, às 14h49 desta quinta-feira (4), chegou a 70.654 MW, segundo dados da ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico). Na quarta-feira (3), o pico havia sido de 70.421 MW.

A ONS atribui o aumento no consumo ao forte calor, o que impulsiona o uso de eletrodomésticos, em especial, os equipamentos de ar-condicionado.

Embora ainda não possua os números consolidados, a Eletros (Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos) afirma que há uma percepção de aumento recente nas vendas de eletrodomésticos.

Em 2009, houve crescimento de 6,2% no consumo de energia residencial em comparação com o ano anterior, segundo informações da  EPE (Empresa de Pesquisa Energética). Tal acréscimo foi gerado tanto pelo aumento do número de consumidores como pelo consumo médios das residências. A redução do IPI para alguns produtos da linha branca, como geladeiras e máquinas de lavar roupa, também estimulou a compra desses eletrodomésticos, contribuindo com o aumento do consumo de energia.

Dicas para economizar na conta de luz
Apagar as luzes de um cômodo que não está sendo usado ou desligar a TV que ninguém está vendo podem contribuir para reduzir sua conta de luz. Mas algumas outras ações podem ser ainda mais eficientes.

Aparelhos em stand-by
Aparelhos eletrônicos que ficam em stand-by, com a luz vermelha acesa indicando que estão prontos para entrar em funcionamento, podem encarecer uma conta de luz em até 15%. Tirar esses equipamentos da tomada pode ser uma boa atitude para o seu bolso.

Porém, essa medida não deve ser feita com todos os aparelhos, pois retirar da tomada um produto que será usado novamente em um curto período de tempo pode prejudicar a vida útil do equipamento.

Lâmpadas fluorescentes

Substituir as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes também pode ajudar a economizar energia. Essas últimas são cerca de 80% mais econômicas e têm durabilidade oito vezes maior que as incandescentes. Considerando que a luz fique acesa três horas por dia, o gasto mensal de uma fluorescente compacta de 15W será de R$ 0,60, enquanto uma incandescente de 60W gastará R$ 2,20.

Segundo dados da Procel, o Brasil é o 10º maior consumidor de lâmpadas, que são responsáveis por 14% do consumo de energia elétrica de uma residência. Por isso, toda iniciativa para reduzir o desperdício de eletricidade ligada à iluminação precisa ser levada em consideração.

Fonte: Info Money

Endereço: Avenida Alberto Sá, 257 - Bairro: Papicu - CEP: 60175-395 - Fortaleza/Ce
Telefones: (85) 3262.3000 / 3249.3632 - Fax: 3265.6876
E-mail: Principal: animei@animei.com.br
Criado por Rede Criativa